Um índio na Igreja evangélica.

DIÁRIO DO CACIQUE PARAUÍ.


Hoje fizemos uma visita a cidade grande, a muito tempo pensávamos em visitar mas nunca tivemos coragem.
Eu e meu filho flecha vermelha passamos um mês estudando a cultura do homem branco e depois de muito
estudar não aprendemos nada, homem branco, muito complicado.
Mas nós decidimos ser espertos, como homem branco, para não dar problema de homem branco estranhar índio, decidimos
visitar a sua tribo, entre o mês de fevereiro e março, pois para o homem branco é carnaval, e eles todos se fantasiam de roupas estranhas e saem a rua, mas muitos, ou a maioria saem sem roupa como as mulheres de
nossa tribo.
Depois de entrarmos na cidade com apenas uma sunga e nossa pintura de guerra decidimos dar umas voltas
para reconhecer o território, mas a mãe terra nos deu um golpe, mandou chuva naquela hora, bem que os ventos avisaram.
E derrepente algo aconteceu, paramos em frente a um local para nos proteger, onde estava um homem com uma veste toda escura na porta,e seu pescoço estava amarrado com uma corda que no fim tinha uma ponta,
nos seus pés algo que eles chamam de sapatos, pude reconhecer em seus pés Rauni, nosso antigo jacaré de estimação que homem branco mato a 2 anos atrás.
Ele estava com um livro de capa preta na mão, e levantando as mãos para nós com cara de assustado disse coisas que não entendemos nada, ele disse!
Ta amarrado satanás.
Procuramos esse tal sujeito que esta preso mas não vimos,  então levantamos as mãos para ele como sinal de respeito.
E ele vindo a nosso encontro nos puxou, eu e meu filho para dentro daquela toca, não resistimos pois a chuva esta forte
Fomos colocados em um local de assento de madeira tirada de nossa floresta também e ali ficamos sentados.
Vimos que se tratava de um ritual, uma espécie de culto a algum deus da crença deles. pois todos estavam sentados.
E um pajé estava sentando no meio, la em cima com os outros caciques e mulheres de sua tribo.
Quando o cacique mandava todos levantavam, quando o cacique falava algo todos gritavam, ele era um homem de muito poder.
O cacique levantou abriu um livro de capa preta que alguns que estavam sentados tinham, talvez só os escolhidos da tribo podiam portar esses escritos, ele lia alguns textos e falava algumas palavras ritualísticas, o publico gritava frases como, gloria a Deus, aleluia, alguns chorava e outros riam isso se repetia todo o ritual.
Algo nos chamou a atenção, quando em um momento, um cantor ritualístico disse que cantaria uma musica para uma divindade ele disse!
Vem ai um hino do retété, talvés retété seja um deus do panteão deles.
Naquele momento tivemos a certeza que retété é o deus mais poderoso da tribo.
Os tambores tocaram, o cantor começou a entoação em uma forma lenta, a música era bem calma, o publico participava em todos os momentos, derrepente o cântico ficou mais rápido, as pessoas começaram a pular, uns rodavam, outros imitavam urubus voando, outros assopravam, outros batiam palmas, eles falavam línguas que nós nunca tínhamos ouvido, e o engraçado é que as vezes eles falavam em nossa própria língua tribal.
Ficamos pasmos, avisei a meu filho que não largasse o arco, ficasse atendo a qualquer momento poderiam tentar nos sacrificar em oferenda a seu deus pois todos estavam tomados.
Uns desmaiavam, outros pulavam, e o cântico falava de um homem branco de branco no meio da congregação, mas nós procurávamos e não víamos esse tal homem.
Ao acabar o êxtase, todos voltaram ao normal, e se sentaram, o pajé continuou os rituais, vimos uma mulher que estava de muletas se aproximar dele, não estávamos entendendo muito bem o que ocorria, pois muitos deles
ficaram conversando entre os rituais, vimos a mulher se aproximar dele e ele não só era pajé mas também o curandeiro da tribo, ele colocou a mão na perna da mulher ficou com os olhos fechados e como um xamã invocou o poder de vários deuses para curar a mulher, Jeová Rafa, Giré, Jeová Nissi, jesus, entre outros, e a mulher foi curada, foi incrível comentei com o meu filho que aquele deve ser o maior curandeiro que já vi.
Em meio aos rituais, tinha ao nosso lado um homem meio alterado,com uma cara muito feia, e em um certo momento ele começou a ficar agitado, e começou a rosnar como um cão, não entendíamos nada, todos os soldados se levantaram de la de cima e vieram segurar ele que com vozes tenebrosas gritava frases estranhas.
Vimos que eles não estavam conseguindo segurar o homem branco doido, e então eu com meu arco e flecha acertei o traseiro dele em cheio mas incrivelmente a flecha nem fez cócegas.
Uma mulher velha da tribo, chagou por trás do homem e colocando a mão na cabeça dele disse.
Sai em nome de Jesus!
Naquele mesmo instante ele voltou ao normal e sua fisionomia mudou, foi algo impressionante, aquele senhora que para nós não parecia nada, era uma poderosa curandeira.
Em um momento tenso lembrei de uma pratica que abandonamos a anos em nossa tribo.
Uma mulher e um homem, talvez marido e mulher levaram seu filho para o pajé como um ato de devoção, entendemos que era para que ele o sacrificasse no altar, vi que se tratava de uma altar de sacrifício por que ele era inclinado para o lado do pajé para facilitar a caída do sangue.
Ele pegou a criança nas mãos e a levantou para o alto, víamos na cara dos pais a felicidade por entregar seu filho a retété o deus dos deuses, os membros da tribo rezaram suas rezas, e o pajé levantou a criança para
o alto, eu e meu filho não tivemos a coragem de ver o resto do sacrifício, fechei os olhos dele com a mão e os meus e só ouvimos os barulhos da multidão, um tempinho depois de Cesar o barulho decidimos abrir os olhos, e ja não vimos mais a criança nem os pais, também tínhamos visto que la havia uma sala onde levavam os pequeninos.
Eles haviam limpado o altar muito rápido, a fúria do seu deus estava apaziguada.
O culto se seguiu, o pajé abriu seu livro mágico e leu algumas palavras e começou a falar, a sua tribo se encantava com as suas palavras, ele contou a historia fascinante de um Deus que veio na terra em forma de homem e morreu para ajudar homem branco, ficamos encantado com esse Deus Jesus.
No final da história quando ele estava terminando todos estavam exaltados  aquele cantor foi chamado e todos voltaram ao transe.
No final quando todos estavam normais vimos que alguns mais velhos da tribo trouxeram uma mesa ao centro do templo, nela havia um pano em cima cobrindo os itens, foi lido alguns textos mágicos novamente  e o pano foi tirado de cima da mesa.
Quando vimos no centro da mesa, um pão e um jarro com um líquido vermelho, disse ao meu filho.
Aquele deve ser o sangue do inocente morto que eles colocaram no jarro.
Eles liam textos e cantavam, dividiram o sangue do inocente em pequenos copos, junto com um pedaço de pão e distribuíram entre o loca e apenas alguns pegaram, talvez os escolhidos, decidimos pegar para não contrariar a cultura deles.
O pajé deu a ordem e logo depois tomamos, a sensação de tomar sangue era tão ruim que nem prestamos a atenção no gosto, fora que alguns ao beberem voltaram ao transe.
Quando comemos o pão, entendemos que retété deve ser o deus da colheita e dos alimentos.
No final todos se abraçaram e começaram a sair pela porta, La fora vimos os pais da criança sacrificada, estavam de costas e fomos para dar uma palavra de consolo, quando eles viraram para nosso lado vimos o bebe no seu colo, ficamos pasmos de medo, retété havia ressuscitado a criança, ficamos felizes em saber que ele pode dar e tirar a vida.
Foi muito interessante a nossa visita a cidade grande passamos muito tempo contando as história ocorrida naquele local, mas o que mais marcou para nós foi a história do menino Deus.

Homossexualismo ameaça o nosso direito de opinião e escolha.

QUESTÃO DE OPINIÃO.

O que seria do batman se não houvesse o Coringa.
O que seria do Corinthians se não houvesse o Palmeiras.
Tudo tem seu contrario todos os lados tem seus inimigos ou algo contrário, o raso tem o fundo, o claro o escuro, o preto tem o branco, o alto o baixo.
Menos Deus, embora possamos dizer, que o contrario do bem é o mal, Deus não tem contrário. Ele é superior a tudo que existe Ap 17:14.
Todos temos direito de escolha, se você não bebe devemos respeitar seu direito de escolha de não beber, embora eu seja contra o consumo excessivo do álcool tenho que respeitar a opinião de quem bebe.
Se caso você não gosta de feijão, você nunca será forçado a comer feijão sem sua vontade.
Eu gosto de um bom cafezinho, mas já encontrei diversas pessoas que não gostam, e nem por isso os forcei a tomar café, pelo contrario tomaram xá ou leite.,
Mas e se nossa liberdade de escolha ou opinião fosse tirada, já pensou.
Se você ao ir em uma concessionária fosse obrigado a comprar somente carro rosa.
Tomar café puro todo dia, sem leite, torcer para a Argentina.
Mas ai você diria o seguinte.
Mas eu não gosto de carro rosa, e não tomo café, e não sou Argentino.
E então eu diria a você:
¨Não meu amigo, quer dizer que você não gosta de café? então se você não gosta,  conseqüentemente você odeia café, e isso caracteriza-se preconceito¨
E você diria que também não gosta de carro rosa, e eu diria:
“Você tem que aceitar carro rosa agora e pronto”
E quanto ao torcer pela Argentina:
“Se você não torcer pela argentina nesta copa eu posso te processar por argentofobia ódio por argentino, somente pelo simples fato de você ser contra.
Então a pressão seria tão grande que você com medo de dizer que não gosta de determinada coisa diria que é simpatizante de carro rosa café a da Argentina.
Ai para facilitar sua aceitação a carro rosa café, e torcida Argentina, nós os adeptos moveríamos a mídia a favor disso, todos os artistas de novelas teriam carro rosa, em vez de tomar cerveja ou leite ou qualquer outra bebida, tomaria-se café, e todos usariam as vezes roupas com cores azuis e brancas, e sempre haveria um argentino em cada novela ou programa de tv.
E ai para se esmagar os movimentos contrários a esses gostos impostos, nos os adeptos iríamos convidaria esses movimentos do contra, para debates em programas de televisão, não para discutir opiniões, mas para simplesmente massacrar sua opinião em rede nacional.
Pouco a pouco você iria ser obrigado a ter um carro rosa, tomar café todos os dias e acompanhar notícias e jogos da argentina.
Ai você que tem uma mente sensata diria.
Onde esta meu direito de opinião?
Onde esta meu direito de escolha? onde esta a oposição o lado contrário?
E é isso que o movimento homossexual tem feito com nosso direito de opinião.
Falo isso por que esta semana li em uma matéria na internet sobre um piloto de stock car que criticou a globo por ter colocado um ator piloto de stock car gay em uma novela das oito.
Simplesmente pelo fato de ele dizer que era contra esse tipo de pratica que não refletia a realidade da sua categoria, ele foi duramente criticado em diversos meios de comunicação somente pelo fato de ser contra.
Na verdade o movimento gay que se diz tão liberal não aceita mais o fato de que sempre existiu pessoas que mesmo sem influencia de religião, ou qualquer outra coisa não concordem com suas praticas.
Podemos somente relembrar o caso mais recente do Ex BBB Dourado que em rede nacional disse não ser simpatizantes das opções sexuais de seus colegas de casa.
Ele foi massacrado aqui fora tendo recebido até mesmo o título de Homófobico.
Vale lembrarmos que Homofobia no seu neologismo é na verdade o ódio por homossexuais que a determinado ponto induz a um crime ou homicídio.
Mas o simples fato de não concordar com tais praticas não se caracteriza homofobia mas sim direito de opinião.
E nem ao menos preconceito, pois o Preconceito é um conceito pré formado a respeito de determinado assunto, sem ter conhecimento dele o que gera discriminação e violência .
Mas no caso do homossexualismo já temos um conceito formado o que não caracteriza preconceito.
O conceito é “Sou contra e pronto ”.
O que os movimentos gays estão fazendo é tirando a nossa liberdade de escolha e de opinião, e tachando de homofóbicos ou preconceituosos todos os que se opõe a suas praticas e escolhas.
É o mesmo que eu dizer a você, que você é um ladrão simplesmente pelo fato de você não concordar com a maneira que a policia de seu bairro trabalha, ou não gostar do uniforme cinza da PM.
Todos temos direito de opinião esta na lei
Todo Homem tem direito à liberdade de opinião e expressão.
Está na declaração dos direitos humanos e seu artigo xix
Declaração dos Direitos Humanos 1948
Artigo XIX.
Todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência…

Liberdade de expressão é o direito de manifestar livremente opiniões,idéias e pensamentos.
É um conceito basilar nas democracias modernas nas quais a censura não tem respaldo moral.

Resumindo vivemos em um país onde a lei maior nos assegura a liberdade de OPINIÃO E EXPRESSÃO alem dos direitos como o de ir e vir, o de culto e credo, entre outros assegurados por lei como Liberdades constitucionais.
Então temos o direito de expressar nossa opinião contrária ao homossexualismo independente de qual seja, ela deve ser levada em conta e não atacada e taxada como preconceituosa e homofóbica.
Da mesma forma que algumas pessoas tem o direito de serem homossexuais e defender e ter orgulho de ser, nós heterossexuais também temos o direito de ser heteros, e orgulho de sermos homens ou mulheres convictos de nossa sexualidade.
Sendo assim também quando nós homens e mulheres somos atacados ou persuadidos a aceitar a homossexualidade ou lesbianismo como imposição podemos definir isso como heterofobia o ódio por pessoas que tem atração pelo sexo oposto.
Não podemos deixar que os movimentos gays coloquem uma mordaça em nosso direito de opinião.
Seja por motivos religiosos ou qualquer que seja, se você é do contra, defenda, e se você não concorda com as prática, homossexuais defenda sua opinião, seja pulso firme e não deixe que te enfiem tais práticas por guela a baixo.

Dicionário do Evangeliques moderno

Dicionário do Evangeliques moderno

TERMOS, DIALETOS, JARGÕES, GIRIAS, FOLCLORES, TUDO SERÁ EXPLICADO EM NOSSO DICIONÁRIO DO EVANGELIQUES MODERNO.

Homem de branco

Você ja deve ter ouvido falar que o homem de branco esta na congregação, mas quem é este homem? Um enfermeiro, um açougueiro, um dentista. Não, na verdade este termo é ultilizado por alguns cristãos para se referir a presença de Jesus ou do Espírito Santo na Igreja.

Embora na bíblia não temos relatos de qual a vestimenta exata que Cristo usava em sua época, o branco é associado por ter uma ligação com a pureza, e santidade. Mesmo assim Ele poderia ser o homem de preto,  azul, verde pois Ele quem criou todas as cores, e tem liberdade para usar a que desejar. Não podemos negar a presença de Cristo entre nós na Pessoa do Espírito Santo pois Ele mesmo disse que não nos abandonaria deixaria o Espírito Santo conosco. João 14:16-14:26-16:7

Shekinah

O vocábulo “shekinah” não aparece na Bíblia, é uma transliteração da raiz hebraica “shkn” = habitar. Este termo “shkn” é muito usado pelos TARGUMITAS e RABIS e adotado pelos cristãos. Refere-se à glória visível de Deus habitando no meio do seu povo. Usa-se este vocábulo para designar a presença radiante de Deus, como vista na coluna de fogo, no Monte Sinai, no Propiciatório entre os querubins, no Tabernáculo, no Templo, etc. Embora a palavra “shekinah” não apareça na Bíblia, há alusões à glória de Deus (“shekinah”) em diversas passagens.

Encliclopédia Histórico – Teológica da Igreja Cristã – Editor Walter A. Elwell – Edições Vida Nova

YHWH

Nome impronunciável de Deus; sempre que aparece na Bíblia, é traduzido como Senhor.

Esta tradução se perdeu com o tempo na cultura judaica e hoje não podemos saber o significado de YHWH. As testemunha de Jeová apoiam a falsa teoria de que estas quatro letras significam

Jeová e Criaram uma doutrina falsa em sua seita  de que só poderão ser salvos aqueles que chamam Deus pelo seu verdadeiro nome Jeová, sendo que o Deus da bíblia nunca pediu para ser chamado por algum nome em específico. Eles chegaram ao ponto de modificarem a sua versão da bíblia toda e trocarem todos os nomes que são chamados Deus por Jeová.

A Ignorância é tanta que até mesmo no novo testamento eles colocaram o nome Jeová sendo que YHWH é um termo hebraico e o novo testamento foi escrito em Grego.

RETÉTÉ:

Geralmente você ja deve ter ouvido que certo irmão esta no RETÉTÉ com Deus mas na verdade o que é este tal de RETÉTÉ. Um rítimo de uma música, uma outra lingua estranha comum a todos, uma dança estilo africana, ou uma espécia de extase indígena.

O RETÉTÉ na verdade é um termo neo pentecostal que é somente usado quando uma pessoa esta cheia do Espírito Santo e sai fora de si sapateando, dançando ou pulando no meio da igreja.

Muitos a este fenômeno dão o nome de RETÉTÉ, eles pelo contrário ao invez de falarem que o irmão esta tomado pelo poder do Espírito Santo dizem que ele esta no RETÉTÉ DE DEUS.

Também podemos imaginar que a origem do nome se deve ao fato de muitos sapatearem para fente e para trás e o sapateado deles ao chão, fazer estralhos que podem soar como re té té.

BENÇÃO

Favor divino dado por Deus para abençoar ou dar felicidade a seu povo. Gênesis 12:2 Galatas 3:14 Ezequiel 34:26 Provérbios 10:22

Galileu

Pessoa natural da cidade da Galiléia, Atos 1:11 Gazofilácio: Espécie de Cofre para guardar utencilios e dinheiro Marcos 12:41 livros proféricos: Livros que tem a mensagem dos profétas do Antigo Testamento, bem como passagens da vida deles, entre eles estão Ezequiel, Daniel, Oseas, Joel, Amós, Habacuque…

Mistério

Geralmente você ja deve ter ouvido que certo irmão esta no mistério com Deus ou que Deus falou em mistério. Mas o que é esse tal de mistério. Bom como o próprio nome ja fala não deveriamos saber o significado pois é mistério.

Mas mistério não é somente quando:

1 Uma pessoa esta tomada pelo Espírito Santo fala em linguas estranhas que ele não entende e da a este feito o nome de mistério.

2 Quando determinado irmão por falta de estudo bíblico não compreende determinada passagem bíblica e para balancear sua falta de estudo diz que o  determinado trexo é mistério.

Resposta: A palavra mistério está presente em diversos trexos da bíblia, Daniel 2:18e28 Romanos 11:25 1Corintios 2:7 – 4:1 – 13:2 – 14:2 – 15:51 – Efesios 1:9 – 3:3 – 3:9 – 5:32 Colossenses 1:26 – 2:2  2Tessalonissenses 2:7 Timóteo 3:16 Apocalipse 1:20 – 10:7 – 17:5 – 17:7

É um vocábulo que nas escrituras nunca significa somente uma coisa inexplicavel mas também um segredo revelado ou não revelado, é certo que muitas coisas na escrituras  permanecem em mistério, mas boa parte é revelada, quando Deus tem algo para falar com você Ele é bem claro e objetivo, mas muitas coisa na bíblia como determinados milagres ainda permanecem um mistério.

Exemplo: abrir o mar vermelho, ou até mesmo milagres que Jesus operou como dar vista a um cego, dar vida a um morto até hoje é um mistério para nós.

A bíblia não se apega e explicar tudo que ela relata o seu objetivo é a salvação do homem e não e explicação de tudo que ela diz.

Quando não conhecemos o evangelho de Jesus Cristo ou não lemos e estudamos a bíblia para nós muitas coisas se tornam mistério, mas Jesus Cristo diz em Mateus 13:11 que a nós que o servimos é dado o conhecimento dos mistérios de Deus.

Wellingtom de Paula.